sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Entenda a origem da foto de um dos possíveis noivos para Maya, publicada na penúltima coluna ‘Figurinha Carimbada’. Clique no link, leia e comente! (lá)

http://ocri-critico.blogspot.com/2008/10/cincia-pau-de-56-centmetros-assusta.html

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

EXTRA

Off-olia

Como prometido, aqui estão as sugestões de alternativas culturais para quem prefere curtir atividades mais sossegadas no Carnaval:

Dica literária:

http://ocri-critico.blogspot.com/2008/11/cultura-rebeldia-carioca-explicada-em.html

Dica cinematográfica (GRÁTÍS e sem sair de casa):

http://ocri-critico.blogspot.com/2008/10/cinema-pgina-na-internet-oferece-filmes.html

Agora, se você quer ler um textos leves, rápidos e de alta qualidade...

Eu sugiro que continue acompanhando o Cri-crítico! (risos)

Acompanhe e avalie (lendo e comentando!) a evolução do blog visitando os, já clássicos, posts de 2008!

Agosto
http://ocri-critico.blogspot.com/2008_08_01_archive.html

Setembro
http://ocri-critico.blogspot.com/2008_09_01_archive.html

Outubro
http://ocri-critico.blogspot.com/2008_10_01_archive.html

Novembro
http://ocri-critico.blogspot.com/2008_11_01_archive.html

Dezembro
http://ocri-critico.blogspot.com/2008_12_01_archive.html

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Figurinha Carimbada

Hugo Chapolin




Como vocês, caros leitores, já sabem, o Cri-crítico está de férias até o final do mês. Mas para quem está curioso para saber quem eu (além dos venezuelanos) elegi como a maior figura desta semana, aí está:





Prometo, quando voltar, escrever sobre essa figuraça. Aliás, não faltará oportunidade dele ser ‘homenageado’ aqui! Gostaram da escolha? Comentem!

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

CARNAVAL

Blocos de Carnaval do Rio de Janeiro – separados por data

Sem preâmbulos, vou direto ao assunto: a agenda dos blocos de carnaval do Rio de Janeiro 2009. Segue abaixo a lista com dias, horários e pontos de encontro.

Infelizmente para alguns e felizmente para outros (risos), o Cri-crítico não estará em nenhum deles. Mas não se espante se daqui a duas semanas vocês lerem neste blog um post sobre a fundação do primeiro bloco carnavalesco genuinamente carioca em Fernando de Noronha.

Este folião incorrigível que vos escreve está partindo em direção à ilha do atlântico daqui a alguns minutos – literalmente – mas não antes de desejar-lhes um ótimo feriado!

Você não gosta de carnaval?

Então volte ao Cri-crítico para ler as dicas que deixei programadas para os ‘off-oliões’.

Mas se você é uma amante da festa profana e estará no Rio durante todo o feriado; volte diariamente a este post diariamente e... Comente!

Diga qual é a boa do carnaval para você, para onde pretende ir e, quem sabe, você não encontra um par aqui mesmo para curtir a ‘Riofolia’.

20 de Fevereiro de 2009 (Sexta)

CARMELITAS (Local: Concentração no Largo das Neves – Santa Teresa Horário: 18h)
VEM NI MIM QUE EU SOU FACINHA (Local: Rua Prudente de Moraes, 10 - Ipanema Horário: 17 hs)
EU SOU EU, JACARÉ BICHO D´AGUA (Local: Rua Torres Homem esquina com Visconde de Abaeté - Vila Isabel Horário: 17 hs)
ROLA PREGUIÇOSA (Local: esquina de Maria Quitéria com Epitácio Pessoa - Ipanema Horário: 18 hs)
AZEITONA SEM CAROÇO (Local: Rua Dias Ferreira - Leblon Horário: 21 hs)
RIO MARACATU (Local: Largo dos Guimarães - Santa Teresa Horário: 15 hs)
RIVAL SEM RIVAL (Local: Rua Álvaro Alvim, Café Rival - Centro Horário: 16 hs)
BOCA QUE FALA (Local: Pilotis do prédio do MEC - Centro Horário: 18 hs)
BREJEITO (Local: Bar Picote, Rua Marquês de Abrantes 128 - Flamengo Horário: 18 hs)
BADALO DE SANTA TERESA (Local: Largo das Neves - Santa Teresa Horário: 20 hs)
CONCENTRA MAS NÃO SAI (Local: Rua Ipiranga, 54, bar Severyna - Laranjeiras Horário: 20 hs)
BOÊMIOS DA LAPA (Local: Quadra da Lapa Horário: 21 hs)
BLOCO DO BIP-BIP (Local: Rua Almirante Gonçalves, 50 - Copacabana. Horário: 00h)


21 de Fevereiro de 2009 (Sábado de Carnaval)

BARBAS (Local: Concentração na Rua Arnaldo Quintela – Botafogo Horário: a partir das 15h)
CORDÃO DA BOLA PRETA (Local: Cinelândia Horário: 9 hs)
ESSE É O BOM, MAS NINGUÉM SABE (Local: Praça São Judas Tadeu - Cosme Velho Horário: 10hs)
SALSA E CEBOLINHA (Local: Rua Gomes Freire - Lapa Horário: 13 hs)
DOIS PRA LÁ DOIS PRA CÁ (Local: Rua Álvaro Ramos. 11 - Botafogo Horário: 14 hs)
ACONTECEU (Local: Rua Áurea - Santa Teresa Horário: 14 hs)
BLOCO DO BECO DO RATO (Local: Rua Morais e Vale com Joaquim Silva - Lapa Horário: 15 hs)
CORDÃO DA PRATA PRETA (Local: Rua Sacadura Cabral, 375 - Saúde Horário: 16 hs)
BLOCO DO CAMELO (Local: Praia José Bonifácio - Paquetá Horário: 16 hs)
SE NÃO QUER ME DAR, ME EMPRESTA (Local: Rua do Lavradio - Lapa Horário: 16 hs)
NÃO MEXE QUE FEDE (Local: Praça Ary Barroso - Leme Horário: 16 hs)
DEVASSOS DA CARDEAL (Local: Bar do Galo. Rua Cardeal D. Sebastião Leme, 140 - Santa Teresa Horário: 16 hs)
CACHORRO CANSADO (Local: Bar Planalto, Rua Barão do Flamengo, 35 - Flamengo Horário: 16 hs)
EMPOLGA ÀS 9 (Rua da Matriz, Rua Henrique Novaes, ao lado de Furnas, em Botafogo Horário: 18 hs)
BANDA DE IPANEMA (Local: Rua Gomes Carneiro - Ipanema Horário: 17:30 hs)
CÉU NA TERRA (Local: Bonde de Santa Teresa Horário: manhã)
CORDÃO ALEGRIA DA TIJUCA (Local: Rua Afonso Pena esquina com Rrua Hadock Lôbo Horário: 13 hs)
BANDA DA FREGUESIA (Local: Praça Professora Camisão - Freguesia Horário: 16 hs)
PEGA PRA SAMBAR (Local: Gomes Freire, esquina com Rua do Senado – Lapa Horário: 11 hs)
BERRO DA VIÚVA (Local: Rua Gomes Freire em frente ao Paulistinha – Lapa Horário: 12 hs)
BLOCO DOS CACHAÇAS (Local: No trailer em frente ao n. 3602 da Av. Sernambetiba - Barra da Tijuca Horário: 12 hs)
REMÉDIO É O SAMBA (Local: Av. Atlântica esquina com a Rua Xavier da Silveira - Copacabana Horário: 14 hs)
BLOCO DOS CAVEIRAS (Local: Final da Marquês de Olinda – Botafogo Horário: 14 hs)

22 de Fevereiro de 2009 (Domingo de Carnaval)

QUE MERDA É ESSA? (Local: Bar Paz e Amor – Rua Garcia D’Ávila com Nascimento Silva – Ipanema Horário: a partir das 14h)
SIMPATIA É QUASE AMOR (Local: Concentração: Praça General Osório - Ipanema Horário: 16h)
TURMA DO GATO (Local: Rua Djalma Dutra - Pilares Horário: 16 hs)
BANGALAFUMENGA (Locak: Rua Pacheco Leão, em frente ao Serpro - Horto Horário: 15 hs)
BABAÇU ABUNDA E A CERVEJA TAMBPEM (Local: Rua Pereira Nunes com 28 de Setembro - Vila Isabel Horário: 15 hs)
EMPOLGA ÀS 9 (Local: Posto 9, Praia de Ipanema Horário: 21 hs)
CORDÃO DO BOITATÁ (Local: Praça 15 - Centro Horário: não divulgado)
BOI TOLO (Local: Praça XV em frente à Rua do Mercado - Centro Horário: 9 hs)
BLOCO DOS COQUEIROS (Local: Praia dos Coqueiros - Paquetá Horário: 14 hs)
MARACANGALHA (Local: Cobal de Botafogo Horário: 16 hs)
IMPÉRIO DA FOLIA (Local: Rua Bento Lisboa, esquina com Tavares Bastos - Catete Horário: 17 hs)
LARANJADA SAMBA CLUBE (Local: Rua General Glicério - Laranjeiras Horário: 18 hs)
BANDA DE IPANEMA -BANHO DE MAR A FANTASIA (Local: Rua Francisco Bhering – Arpoador Horário: 11 hs)
G.R.B.C. TÁ DOIDÃO VAI PRÁ CASA (Local: Rua Sampaio Ferraz esquina com Quintino do Vale – Estácio Horário: 12 hs)
MEU KANTINHO (Local: C.C. Meu Kantinho, Rua Indígena 62 - Penha Circular Horário: 12 hs)
BLOCO DE EMBALO ALEGRIA DO RIO (Local: Avenida Rio Branco – Centro Horário: 14 hs)


23 de Fevereiro de 2009 (Segunda de Carnaval)

BLOCO DE SEGUNDA (Local: Cobal do Humaitá – Rua Voluntários da Pátria – Botafogo Horário: a partir das 14h)
BLOCO VIRTUAL (Local: Posto 9 - na Vieira Souto - Ipanema Horário: 16:00h às 19:00h)
TURMA DO GATO (Local: Djalma Dutra - Pilares Horário: 16 hs)
CORRE ATRÁS (Local: Bar Azeitona, Rua Dias Ferreira - Leblon Horário: 11:30 min)
PEDE PASSAGEM (Local: em frente ao Jóquei - Gávea Horário: 13:30)
VOLTA, ALICE (Local: Bar do Serafim, Rua Alice - Laranjeiras Horário: 15 hs)
ACONTECEU (Local: Largo dos Guimarães - Santa Teresa Horário: 14 hs)
RANCHO FLOR DO SERENO (Local: Rua Almirante Gonçalves, 50 - Copacabana Horário: 17 hs)
BLOCO DO VARANDÃO (Local: Rua Teodoro da Silva esquina com Rua Mendes Tavares – Vila Isabel Horário: 13 hs)
CORDÃO UMBILICAL (Local: Largo dos Leões – Humaitá Horário: 12 hs)
PEDE PASSAGEM (Local: Praça Santos Dumont em frente ao Jóquei – Gávea Horário: 13 hs)
MÃO DE LATA (Local: Rua do Lavradio, em frente ao CIEP – Lapa Horário: 17 hs)

24 de Fevereiro de 2009 (Terça de Carnaval)

BLOCO DA ANSIERDADE (Local: Mercadinho São José – Laranjeiras Horário: Concentração a partir das 15h / Saída do bloco às 18h)
MEU BEM, VOLTO JÁ! (Local: Av. Princesa Isabel esquina com a rua Barata Ribeiro - Copacabana Horário: 16h)
CARMELITAS (Local: Concentração no Largo das Neves – Santa Teresa Horário: 18h )
TURMA DO GATO (Local: Rua Djalma Dutra - Pilares Horário: 16 hs )
UNIDOS DO ALTO DA BOAVISTA (Local: Estrada Macaraí, 305, Alto da Boa Vista Horário: 15 hs )
SÓ DÁ PRA VER O QUE VAI DAR (Local: Esquina das Ruas Arnaldo Quintela e Oliveira Fausto - Botafogo Horário: 15 hs)
MUVUCA DO SÃO CARLOS (Local: Rua São Carlos, 125 - Estácio Horário: 15 hs)
SE ME DER, EU COMO! (Local: Rua do Matoso, esquina Rua Dr. Satamini - Praça da Bandeira Horário: 16 hs)
É TUDO OU NADA?! (Local: Colégio Pedro II - Humaitá Horário: 15 hs)
VAGALUME (Local: R. Pacheco Leão, 1235 - Jardim Botânico Horário: 16 hs)
TRAMELA (Local: Rua João Pinheiro, esquina com Rua Teresa Cavalcanti - Piedade Horário: 16 hs)
VEM NI MIM QUE EU SOU FACINHA (Local: Rua Prudente de Moraes, 10 - Ipanema Horário: 17 hs)
EMPURRA QUE PEGA (Local: Praça Cazuza - Leblon Horário: 17 hs)
SÓ PRÁ VER O QUE VAI DAR (Local: Esquina das Ruas Arnaldo Quintela e Oliveira Fausto - Botafogo Horário: 15 hs)
LARGO DO MACHADO, MAS NÃO LARGO DO COPO (Local: Adega Portugália - Lgo. Machado Horário: 15:51 hs)
CLUBE DO SAMBA (Local: Avenida Atlântica esquina com Santa Clara - Copacabana Horário: 16 hs)
QUIZOMBA (Local: Circo Voador Horário: 16 hs)
CACHORRO CANSADO (Local: Rua Barão do Flamengo - Flamengo Horário: 16 hs)
BENJAMIN NO ESCURO (Local: Instituto Benjamim Constant, na Urca Horário: 13 hs)
IMPÉRIO DA FOLIA (Local: Rua Bento Lisboa, esquina com Tavares Bastos - Catete Horário: 17 hs)
TÔ QUE TÔ SEM FIM (Local: Rua Gilberto Cardoso (COBAL) – Leblon Horário: 14 hs)
BANDA DE IPANEMA (Local: Rua Gomes Carneiro - Ipanema Horário: 17:30 hs)
FILHOS DE BAMBI (Local: Rua Bambina na esquina com a Rua São Clemente, em Botafogo, de onde os foliões sairão para pegar o metrô e desfilar na Praça XV Horário: 14 hs)
BLOCO DOS COQUEIROS (Local: Praia dos Coqueiros – Paquetá Horário: 14 hs)
BAGUNÇA MEU CORETO (Local: Praça São Salvador, Laranjeiras Horário: 16 hs)
BLOCO DAS QUENGAS (Local: Rua Men de Sá – Lapa Horário: 16 hs)
G.R.B.C. TÁ DOIDÃO VAI PRÁ CASA (Local: Rua Sampaio Ferraz esquina com Quintino do Vale – Estácio Horário: 12 hs)
A ROCHA (Local: Praça Santos Dumont – Gávea Horário: 16 hs)
SORRI PRÁ MIM (Local: Bar Petisco da Vila - Vila Isabel Horário: 16 hs)
BLOCO DO BIGODE (Local: Avenida Rio Branco esquina com Rua da Alfândega - Centro Horário: 16 hs)

25 de Fevereiro de 2009 (Quarta-Feira de Cinzas)

ME BEIJA QUE SOU CINEASTA (Local: Praça Santos Dumont - Gávea Horário: 11 hs)
SAGRADO PROFANO (Local: Bar do Seu Cláudio, Rua Joaquim Silva, 90 - Lapa Horário: 4 da manhã)

26 de Fevereiro de 2009 (Quinta)

VOLTAR PRA QUE? (Local: Rua Álvaro Alvim - Cinelândia Horário: 20 hs)
27 de Fevereiro de 2009 (Sexta)

SÓ TAMBORINS (Local: Quadra da Lapa Horário: 21 hs)

28 de Fevereiro de 2009 (Sábado)

VEM, CAMINHA JUNTO! (Local: Av. Monte Cruzeiro s/ nº - Taquara Horário: 15 hs)

BAFAFÁ (Local: Posto 9 - Ipanema Horário: 17 hs)

BERÇO DO SAMBA (Local: Rua Mem de Sá - Lapa Horário: 20 hs)

MULHERES DE CHICO (Local: Antero de Quental – Leblon Horário: 17 hs)

1º de Março de 2009 (Domingo)

CONDOMÍNIO BARANGAL (Local: Posto 9 - Ipanema Horário: 16 hs)

MONOBLOCO (Local: Posto 6 - Copacabana Horário: 10 hs)

BOKA DE ESPUMA (Local: Rua Marquês de Olinda entre Muniz Barreto e Bambina – Botafogo Horário: 15 hs)

sábado, 14 de fevereiro de 2009


CARNAVAL

A melhor folia para o melhor amigo

Que o Rio de Janeiro está fervendo todo mundo sabe. É o calor do verão, férias para a turistada e... Carnaval.

Com a proximidade do ‘maior show da terra’ machos e fêmeas de todas as raças se mobilizam para azaração nos desfiles de escolas de samba e blocos.

E por todas as raças entendam também a canina.

Isto mesmo, aqui no bairro da Lagoa os garanhões e cachorras também vão cair na folia. A festa vai acontecer amanhã no Parcão, no Corte do Cantagalo. O evento batizado pelo adestrador Denizard Baldan de ‘Pet Folia’, reunirá os animais para um desfile de fantasias, a partir das 9h.

Um júri especializado selecionará os 20 cãopeões (sendo 10 machos e 10 fêmeas) e os premiará com produtos de beleza canina e simpáticos troféus de materiais reciclados.

Com sempre, o acesso ao Parcão é gratuito. A inscrição dos bichinhos no concurso custará R$ 5 e poderá ser feita na hora.

Blocão

Mais tarde, às 15h, ali pertinho, no Posto 6, em Copacabana, o Clube do Totó, organiza a concentração da cachorrada para um bloco de caninos e simpatizantes pela Avenida Atlântica.

O início do desfile será às 16h, em frente ao hotel Sofitel.

Se você curtiu a idéia, apareça lá com ou sem cachorrinho, pois, além das tradicionais famílias, terão muitos donos e donas solteiros. Só não vale pedir o telefone do cachorrinho. Pelamor, hein!

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Figurinha Carimbada

Chataya


(Maya sem maquiagem no Projac. Tireóide?)

Prometi-me não cri-criticar a nova novela das oito (ou seria das nove e meia da noite?), ‘Portinha da índia’, pois seria matéria fácil demais.

Todavia, em juramento solene que fiz na minha formatura, ratificado no Protocolo de Kyoto e na Convenção de Genebra, comprometi-me não arregar quando fosse escrever a coluna Figurinha Carimbada, no Cri-crítico.

Portanto, aqui vai a minha redundante e desnecessária zoação ao folhetim da Rede Bobo.

Dia desses, ao ligar a tevê, vi a personagem do José Abriu falar que a Maya (Juliana Taz) era uma #~*%Ñ e que não poderia se casar com Raji (Rodrigo Lombudo) porque teria azar no casamento.


Concordei. Mas só em parte!

Se por um lado deve ser difícil Juliana Tazmania viver com aquela cara de olhos esbugalhados, que eu só não sacaneio mais porque com deficiência física não se brinca; por outro ela é muito sortuda de ter o melhor assessor de imprensa do mundo.

Ou ele ou o agente da ‘atriz’ espalhou a notícia de que ela era bonita, talentosa e dança bem e todo mundo acreditou.

Infelizmente não é só uma piada. É sério. Grande parte do público e crítica comprou esta idéia; fazendo dela uma versão 40 anos mais jovem da Cláudia Maya – outro engodo.

(Antes das plásticas eu fugia da Raia)

Juliana Sai já foi, inclusive, comparada a ‘Elizabeth Taylor, em Cleópatra (1963) ou de Audrey Hepburn, em Bonequinha de luxo (1961)’ – nas palavras do colunista Ancelmo Góis, que afirmara que ‘a atriz excede em talento e beleza’.




(Elizabeth Taylor, Juliana Perez e Audrey Hepburn, parecidíssimas não?)


Noiva cadáver

Tudo bem, muitos vão dizer que eu pego no pé da ‘Bonequinha de Lixo’ porque sou levemente atraído por mulheres de olhos bem menores e que eu deveria ter pena dela por causa da sua moléstia na tireóide – ou ninguém aqui nunca imaginou que ela tem problema nas glândulas, que a fazem ter dilatamento das pupilas?

Então eu paro por aqui de cri-criticar a atriz para ponderar sobre a sua personagem: Mala, a noiva chorona e azarada.

Voltando à novela; não citarei aqui tudo o que achei de ridículo na história.

Escreverei apenas sobre o capítulo no qual o guru da protagonista sugeriu que ela se casasse com um animal ou uma árvore para se purificar antes de casar definitivamente com o seu noivo.

Para isto, vou recorrer a duas fotos de arquivo do Cri-crítico. Vocês acham que a Maya deve se casar com:



(A) Um animal


(Cientista exibe um bicho-pau de 47cm)


(B) Uma árvore



(Sem comentários)

Por favor, caros leitores, vamos ajudar a Carla Perez a decidir o destino da sua filha.

Não escrevo isso porquê todas as personagens são filhas de seus autores. Estou me referindo à vida real. Ou só eu vejo semelhança física entre as duas?

(Glória Paes com figurino de Mumm-Ra, o eterno)

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009


ESPORTE

Os idiotas da subjetividade


Achei muito legal a matéria do Esporte Espetacular, da Globo, do último domingo, comparando os dois maiores atacantes do futebol mundial dos últimos 30 anos: Romário e Ronaldinho, o fenômeno.

Como esperado, as opiniões entre os críticos especializados ficou dividida. Entre os profissionais do ramo não foi diferente; deu empate, com a muretagem do Parreira e do Junior Capacete, que preferiram não opinar.

Ao contrário deles, eu tenho a minha opinião e vou expressa-la a seguir.

Mas não antes de revelar minha total antipatia pelos que eu chamo de idiotas da subjetividade.

Diferentemente do mestre Nelson Rodrigues, que criou a alcunha ‘idiotas da objetividade’ para definir àqueles que analisam o futebol com a frieza dos números; minha expressão proporcionalmente inversa foi criada para desmistificar os chatos de galocha.

Geralmente saudosistas que insistem em provar por A mais B que o Edu foi melhor que o Zico e que o irmão do Roberto Dinamite, que jamais fora jogador profissional, marcava muito mais gols que o artilheiro vascaíno, nas peladas em Caxias...

Não faltam exemplos:

Canhoteiro foi melhor do que Garrincha; Julinho foi melhor do que Garrincha; Joel foi melhor do que Garrincha... Nossa, o ‘anjo das pernas tortas’ era então um anjo perna-de-pau!

Para esses, Garrincha foi melhor somente do que Pelé (risos), este um verdadeiro pereba se comparado com Puskas, Leônidas da Silva, Zizinho, Rivelino e, até, Maradona (essa é a melhor piada de todas).

Aí entra a tal da objetividade necessária a todos os campos da humanidade, mas que o Nelson Rodrigues renegou até à morte. Eu não.

Por isso, pergunto-lhes:

Como pode um atleta que em 21 anos de carreira ganhou três títulos relevantes e marcou apenas 277 gols pode ser apontado como o melhor jogador da história?

Os números, nesse caso, são imponderáveis:

Zico, com 834 gols e um número ainda maior de assistências (que o fizeram ser considerado como o ‘arco e a flecha’); dezenas de títulos, inclusive um mundial interclubes, em 1981; considerado várias vezes o melhor jogador e artilheiro máximo de campeonatos no Brasil, Itália e Japão para mim é de fato o maior jogador de futebol do mundo em todos os tempos.

Alguns já estão avançando no teclado, com o mouse entre os dentes para me questionar sobre Pelé.

Não falemos de Pelé. Não vamos perder tempo fazendo comparações com o incomparável.

Como diz o Pepe, atacante do Santos das décadas de 50 e 60: ‘Eu sou o maior artilheiro do Santos, porque o Pelé não conta. Afinal ele não é desse planeta’.

De fato, como ele nunca houve e nunca haverá.

Duvidam?

Antes que os idiotas da subjetividade ou da objetividade, que seja, venham comentar quaisquer coisas sobre a vida (principalmente amorosa) e obra do Rei; sugiro que antes assistam ao filme ‘Pelé Eterno’.

Este que não é um grande trabalho cinematográfico, mas, ainda assim, é a maior coletânea de gols e lances geniais do craque é uma aula de futebol para argentino nenhum botar defeito.

Ah, vocês ainda querem saber a minha opinião sobre o duelo Ro-Ro?

Bem, ambos têm a qualidade de serem rubro-negros e tiveram a felicidade de declarar publicamente essa paixão.

Ronaldo ganhou efetivamente uma Copa do Mundo (2002), já que em 1994 não jogou sequer um minuto da Copa dos Estados Unidos. Naquele ano o título foi com justiça creditado quase todo ao Romário.

Ele ainda ganhou o título de melhor jogador da Copa e melhor jogador do mundo no Fifa Anual Awards. Troféu individual que Ronaldinho levantou três vezes.

Romário tem muito mais títulos, mas Ronaldo conquistou títulos mais importantes pelos clubes que passou.

Enfim, como vocês podem ver realmente existe um equilíbrio incrível entre o todo da carreira da dupla.

No entanto, o fiel da balança novamente é o número de gols – o momento máximo do futebol.

Como eu posso dizer que um centroavante que fez pouco mais de 300 gols (muitos deles decisivos, sim) é melhor do que outro que fez mais de 1000?

Aí Romário ganha de goleada. Pois foi quem mais se aproximou de...

NÃO.

Paremos por aqui. Não vamos compará-lo ao incomparável!

P.S.: Alguém reparou que na pesquisa do EE a pergunta era ‘Quem FOI melhor, Romário ou Ronaldo?’. Ou seja, Ronaldo já é encarado pela mídia como ex-atleta! (risos)

P.S.²: Com 1283 gols, Pelé marcou mais tentos do que Romário e Maradona; ou Zico e Ronaldo juntos!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009


CULTURA

Homenagem a mais flamenguista das portuguesas

Ontem foi o aniversário de 100 anos de nascimento de portuguesa Maria do Carmo Miranda da Cunha. O que isto tem de relevante?

Nada, se ela não fosse ninguém menos do que a ‘brasileira’ Carmem Miranda. Carioca de criação e rubro-negra de coração, desde que chegou à Lapa ainda no colo da mãe, com poucos meses de vida.

Aqui Carmem iniciou a sua carreira de cantora da noite e logo depois foi para o Rádio, onde rapidamente estourou, quando gravou a marchinha ‘Pra Você Gostar de Mim’, pela qual foi apontada pela imprensa da época como a maior cantora ‘brasileira’.

Daí em diante foi uma pioneira em tudo o que fez!

Foi a primeira cantora de rádio a assinar contrato, quando a praxe na época era o cachê por participação; a primeira a excursionar para o exterior (inicialmente Argentina); a primeira artista brasileira a atuar em um espetáculo musical nos Estados Unidos, o ‘Streets of Paris’, em Boston, em 1939 etc, etc, etc.

Fez tanto sucesso de público e crítica que as suas participações teatrais tornaram-se cada vez mais famosas na terra do Tio Sam; até que em 5 de março de 1940, fez uma apresentação na Casa Branca, para o Presidente Franklin Roosevelt – em uma atuação também pioneira.

A essa altura Carmem já era uma estrela cinematográfica no Brasil. Tinha feito pequenas participações em ‘A Voz do Carnaval’ (1933), ‘Alô, Alô, Brasil’ (1935), Estudantes (1935), mas o sucesso na telona veio mesmo em ‘Alô, Alô Carnaval’ com a famosa cena em que ela e sua irmã Aurora cantam ‘Cantoras do Rádio’.

Ainda atuou no Brasil em ‘Bananas da Terra’ (1939), ‘Laranja da China’ (1940) e ‘Serenata Tropical’ (1940).

Sua ascensão no Cinema internacional foi meteórica. Atuou em 14 filmes em Holywwod e chegou a ser o artista mais bem pago dos Estados Unidos. Isto mesmo, eu não errei o artigo. Carmem tinha o salário mais alto do show busisness norte-americano, superior a qualquer estrela ou astro holywoodiano.

Se isso não basta para você, caro leitor, entender o quanto o mito Carmem Miranda é importante, é valido ressaltar uma outra curiosidade que permeia a carreira da ‘pequena notável’:

Carmem é identificada, até hoje, como a artista de maior sucesso do projeto ‘Política de Boa Vizinhança’, implementado pelo governo norte-americano para receber diversos artistas-imigrantes latino-americanos com intuito de buscar aliados para a Segunda Guerra Mundial.

No entanto, devo lembrar-lhe que ela chegou aos Estados Unidos antes da grande guerra. Que esta lembrança se deve ao espaço que Carmem Miranda ocupa no inconsciente coletivo estadunidense.

Para findar a sessão de curiosidades dessa legenda, vou desmistificar uma das raras imagens que os mais jovens (desse país, às vezes sem memória) têm da estrela:

No célebre desenho de Walt Disney em que uma cantora ‘baiana’ canta para o Zé Carioca, não é Carmem quem aparece junto ao seu famoso conjunto musical, o ‘Bando da Lua’, mas sua irmã mais nova, a brasileira de nascimento Aurora Miranda – interpretando o papel de Carmem Miranda.

Esta é apenas mais uma das minhas poucas observações do vasto universo artístico que é Carmem Miranda.

Na modesta opinião deste Cri-crítico aqui, Carmem não foi boa cantora. Boa atriz? Tampouco. Contudo ela foi a melhor Carmem Miranda que alguém poderia ser!

Uma mulher a frente de seu tempo, que discutiu monogamia, aborto, patriotismo e outros assuntos menos alegres que preencheriam mais de 100 posts neste ou em qualquer blog, de qualquer matéria – gente, a mulher falava de tudo!

Mas a ‘pequena notável’ foi mais do que cantora, atriz, feminista (ainda nem se usava esta palavra na época) ou um estereótipo grosseiramente criticado. Carmem foi artista, é e sempre será um mito, em qualquer lugar ou época.

Fica aqui minha ínfima homenagem e sugestão aos que moram ou estão de passagem pelo Rio de Janeiro, para conhecer o Museu Carmem Miranda, na Avenida Rui Barbosa, sem nº., Flamengo.

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Figurinha Carimbada

Marola Phelps





O mico desta semana não vive nas árvores, ele vem da água. Não se trata de um tubarão da política ou do mundo dos negócios, sequer vem do mar. Mas das piscinas.

Porém, ao que tudo indica, esse peixe de água clorada quer se transformar em um bicho-preguiça.

Cansado das viagens internacionais, resolveu viajar sem sair do lugar, ali paradão, na boa, descansando das exaustivas competições.

No entanto, apesar de ser afastado das disputas pela federação norte-americana de natação, o nadador disse que não consegue ficar muito tempo longe das marolas e vai continuar treinando sozinho.

Não se sabe ainda se irá viajar na Jamaica ou até mesmo se aqui no Brasil – provavelmente não praia de maresias.

Por enquanto sabe-se apenas que ele virá ao carnaval carioca para dar um dois, digo, para tirar dois dias de folga.
É lógico que enquanto estiver na Cidade Maravilhosa Marola Phelps ficará, hospedado no Posto 9, em Ipanema – famoso point de ouvintes de Bob Marley, consumidores de incenso...

Recordes

Não é a primeira vez que o nadador se envolve em polêmica. Após os Jogos de Atenas, em 2004, ele foi detido pela polícia americana dirigindo bêbado e se declarou culpado de todas as acusações.
Contudo mesmo com 14 medalhas de ouro olímpicas Maresia Phelps ainda não bateu o recorde de Edmundo com 126 pontos negativos na carteira de habilitação.

Patrocínio

Na última quinta-feira, a empresa de cereais Kellogg's anunciou que não renovará o contrato de publicidade com o atleta.
Executivos da empresa declararam que o comportamento de Phelps deveria ser no baseado, digo, baseado em atitudes saudáveis, como pratica de esportes e boa alimentação.

O que me fez pensar o como seria engraçado uma propaganda na qual o nadador falasse para o Tony Tyger que queria comer Sucrilhos porque estava na maior larica. Imaginem!

Vão se os anéis ficam as nadadeiras, pois, o peixinho mais dourado do mundo esportivo ainda mantém os seus principais patrocínios – com a Speedo e Swatch – e poderia parar de trabalhar hoje mesmo.

Afinal, Maconheiro Phelps já está milionário e aos 23 anos pode se aposentar para queimar... Toda a sua fortuna (calma, acharam que era o que?) ou se dedicar ao que melhor faz: nada.

Mas basta lembrar que muitos ícones do mundo esportivo, outrora ricos e poderosos, estão hoje na miséria e que Maryhuana Phelps, pode estar jogando a sua carreira (até agora profissional) literalmente por água abaixo.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

(Estrada Velha da Tijuca, RJ, às 11h - Foto: Matheus Aguiar)

ECONOMIA

Desperdício de energia: dinheiro público indo para a privada

Como prometido, aqui está o segundo de três posts indicados pelos leitores do Cri-crítico sobre problemas sociais de nosso país.

Como no anterior – sobre a mosca tse-tsé – vamos debater democraticamente o tema sugerido pelo leitor Matheus Aguiar. Eu através do meu texto e vocês, caros leitores, com os seus comentários sempre bem-vindos.

Acreditando e agradecendo pela interação, segue a minha cri-crítica ao desperdício de energia pública.

A iluminação pode ser comparada à água. Na quantidade certa, faz bem. Mas o excesso de luz é como uma enchente, só causa danos.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, luz demais, não significa boa iluminação. As lâmpadas mal direcionadas não iluminam de forma adequada as áreas que deveriam e jogam luz para longe, na horizontal e até na vertical, para cima.

Quando a luz dos postes não é corretamente direcionada e atinge o olho ocorre o ofuscamento; a pupila se fecha e nos impede de ver objetos ou pessoas que estiverem nas áreas escuras. Nessas regiões a sombra fica mais densa e é mais fácil de um bandido se esconder, por exemplo.

Isto porque o correto é ver o objeto iluminado e não a fonte de luz. Em nossas próprias casas podemos corrigir esse desperdício:

Experimente trocar a lâmpada do espelho de seu banheiro por um modelo mais fraco, mas ao invés de direcioná-la para cima ou para baixo, coloque-a numa posição em que a luz incida sobre o assunto, ou seja, a pessoa de frente ao espelho.

Você notará que, apesar da troca por um equipamento menos poderoso, as pessoas se enxergarão melhor. Simples, não?

Este é só um exemplo de como quantidade não necessariamente é qualidade de luminosidade.

Porém, o maior símbolo do desperdício são as lâmpadas acesas durante o dia, sem servir à população. E pior é que essa prática é o que pode ser chamado de cobertor curto, pois, se por um lado umas estão desnecessariamente acesas durante o dia, há locais onde faltam fontes de luz até mesmo de noite.

A Light – companhia que comercializa e mantém a energia elétrica no Estado do Rio de Janeiro – alega, através de sua assessoria de comunicação, que em alguns lugares as luminárias não podem ser desligadas para não desgastar as novas lâmpadas usadas nos postes públicos.

Os funcionários da empresa explicaram que o novo modelo é sensível e caro demais, tornando o custo de sua reposição superior ao gasto com o seu consumo 24h por dia!

Contudo se (como foi dito acima) a eficácia da iluminação não se dá através da categoria do aparelho, mas sim da disposição física do mesmo, ficam as perguntas:

Por que são compradas lâmpadas tão caras?

Por que usar um equipamento que não pode ser desligado?

Por que em plena era verde – quando as indústrias de equipamentos elétricos criam produtos cada vez mais econômicos – a Light não tem competência de descobrir lâmpadas mais práticas?

E, por fim...

De qual deputado ou senador é a empresa que fabrica ou vende essas lâmpadas supra-onerosas aos cofres públicos?

Por favor respondam, me dêem uma luz!

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Figurinha Carimbada

Robinho Pedalada


Alguns vão me perguntar por que recorrentemente ‘homenageio’ políticos e jogadores de futebol. Outros vão dizer que a imprensa pega pesado com as nossas procto-celebridades; que é muito mais fácil ser estilingue do que vidraça etc.

Discordo. Fazer merda é muito mais fácil do que escrevê-las; é mais divertido, o salário é bem melhor e nem é preciso fazer faculdade para isso!

É um dom nato.

É claro que com um bom treinamento eu posso roubar, estuprar, assassinar pessoas atropeladas e fazer mais uma gama de coisas que não é da minha índole, mas que nossos ídolos fazem na vida pública e na privada.

Porém, quero vê-los escrever mal de mim – eles mal sabem falar.

Não é tão fácil assim. Nem aqui nem nos tablóides ingleses, onde até os mendigos lêem a língua de Shakespeare.

Sem mais delongas falo desse que já foi comparado a Ronaldo Fofomeno, Ronaldinho Murcho, Cristiano Robaldo e outros exemplos de atletas sexuais: Pedalinho.

Desde que se transferiu do Santos de Pelé, o craque Pelézinho decidiu seguir os passos do rei e partiu em direção ao jet set internacional, freqüentando boates e zonas (olha o trocadilho aí gente) noturnas na tentativa de também fazer uma filha bastarda.

Mas, porra, não custava nada avisar a Maria Chuteira da vez de suas intenções.

Garotinho marcou um golaço... CONTRA... Ao não dar as instruções para a jogadora. Chegou entrando por trás (e também pela frente) mostrando que sabe jogar duro, e também fez lances de habilidade botando no meio das pernas dela.

Apesar de ser considerado um craque, Reizinho recebeu cartão vermelho e depois de ir para o chuveiro (tirar os vestígios) argumentou que não podia pegar gancho, pois não se tratava de uma partida oficial, estava apenas batendo uma peladinha – ou batendo na pelada?

Então; depois do jogo-contra Pivetinho foi à perícia policial em Manchester, Inglaterra, para fazer exame de sangue para comparar seu DNA com o material orgânico (preciso explicar?) encontrado na adversária.

Sei não, mas acho que os inventores do futebol deveriam ter feito exame anti-doping também.