segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Foto: Wagner Mantuano
(Palhaço Boni, Leandro Coelho e Palhaça Amada)

CRI-CRÍTICO SOCIAL

Não tem dinheiro? Doe seu tempo!

Criada em 2001, a ‘Clínica da Alegria – Valorização da Vida pelo Sorriso’ é o principal projeto da ONG Ação Beneficente Sorriso e Vida (ABSV), fundada por uma família de Niterói, no Estado do Rio de Janeiro.

O projeto já atendeu cerca de seis mil pessoas em 2009 em diversas comunidades e instituições, e espera ampliar o número de atendidos em 2010, para tanto precisa da sua ajuda!

É isso mesmo, você, caro leitor! A ONG não conta apenas com doação material, você pode ajudar sendo mais um voluntário.

A Clínica da Alegria é uma ação desenvolvida por voluntários que se vestem de palhaços para levar solidariedade a hospitais, asilos e orfanatos no Rio de Janeiro, e está com agenda intensa neste mês de dezembro.

Sábado passado foi a vez do Lar da Tia Beth, em Del Castilho, Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Onde os integrantes do grupo fizeram um verdadeiro almoço de Natal para as 40 crianças atendidas pelo abrigo infantil. Além de pratos típicos, houve brincadeiras, um show do Mágico Leandro Coelho e a presença de um convidado muito ilustre: Papai Noel, que veio do Pólo Norte para distribuir brinquedos para a criançada!
Foto: Wagner Mantuano
(Papai Noel com Guilherme no colo)
– ‘Queremos proporcionar a estas crianças o verdadeiro espírito de Natal, que muitas nunca tiveram a oportunidade de conhecer’, explica Maria de Fatima Magalhães, a palhaça Amada Alegria, fundadora e vice-presidente da ONG.

Durante as festas, com direito a bolo e refrigerante, os voluntários da Clínica da Alegria distribuíram kits de higiene pessoal, com sabonete, pasta de dente, escova de cabelo, lenço umedecido, hidratante, perfume e toalhinha de rosto, doados por amigos do grupo.

A vice-presidente da Clínica da Alegria ressalta que a maior parte das crianças atendidas pelo Lar da Tia Beth, apesar de ter referência familiar, não tem verdadeiramente um lar. – ‘Muitas são vítimas de violência doméstica, praticada, inclusive, por pais ou padrastos, e encontram carinho, amor e proteção da Tia Beth’, conta Amada.

O abrigo, assim como a ONG Clínica da Alegria, sobrevive da ajuda de voluntários, já que não conta com verbas oficiais, nem patrocínio de empresas. Há 12 anos Elizabeth Ferreira Cardoso abdicou do sossego do seu lar para ajudar as mães que não tinham com quem deixar os filhos nem dinheiro para pagar uma creche. Ela abriu as portas de sua casa às crianças e hoje, cada cômodo do pequeno imóvel, na Avenida Suburbana 3.736, em Del Castilho, é cheio de brinquedos, roupas, pastas e livros escolares.

Quem quiser contribuir ou mesmo visitar o Lar da Tia Beth, para brincar e sorrir junto às crianças basta ligar para o telefone (21) 2241-3584 e agendar uma visita.

Interessados em ajudar a Clínica da Alegria ou se tornar voluntários podem se informar pelos telefones (21) 2717-5367, 9522-1507 e 9733-8718 ou pelo e-mail clinicadaalegria@gmail.com. Para conhecer mais o trabalho do grupo, acesse
www.clinicadaalegria.blogspot.com/

27 comentários:

Online na web disse...

Boa iniciativa, todo unindo para um Natal mais alegre.

Abraços

Robson Valente disse...

gostei muito, é necessario ajudar as instituições que promovem isso tudo.. grande abraço

Leonardo Bruno disse...

A cara de felicidade do moleque da foto da a noção o quanto deve ter sido importante a visita do bom velhinho.

Pra gente pode não parecer importante, mas quando vemos o efeito do trabalho desses voluntários com a criançada lembramos o verdaeiro significado do natal.

Pelo que vc escreveu parecem duas instituições sérias que merecem espaço na mídia. Parabéns pela iniciativa!

Ana Paula Moreira disse...

Parabéns pelo trabalho. A gente não faz ideia como pode ajudar as pessoas com gestos tão simples. Não precisamos de dinheiro para ajudar as pessoas e sim de carinho e um pouco de tempo.

Fabricio bezerra da guia disse...

que bonito!!eu acho interessante as pessoas fazerem boas ações. pra crianças.mas não só no natla,o ano todo


parabens

Fábio Flora disse...

Belíssimas iniciativas! Se cada um doar um pouquinho do seu tempo (eu me incluo nisso), teremos um mundo melhor! Abraços e sucesso com o blog!

Rita disse...

Verdade sua, doar um pouco de tempo não custa nem dói.

Matheus disse...

Boa, essas crianças merecem um pouco de felicidade e carinho. Não somos só nós que existimos nesse mundo, se cada um fazer a sua parte ajudando essas crianças concerteza teremos um mundo melhor.

Anônimo disse...

他的外遇而離婚,大陸新娘外遇的對象就是現在要結婚的越南新娘。他們的婚姻其實沒有什麼問題,只是一直都沒有小孩,他前妻人真的很好,我們都很替她難過,要她原諒老

Jean Leal disse...

Eu gosto dessas Ongs ou fundações que fazem isso.
Só falta um incentivo maior por conta de patrocinadores e tudo mais, porém, ajudar as pessoas como vocês fazem é um ato nobre.
Espero que tudo dê certo e que voces continuem a alegrar as pessoas sempre.
Abraços, Jean Leal.

T-Rabbit disse...

Pod cre.

http://placadetransito.blogspot.com/

André disse...

Felizmente esse tipo de ação solidária está se espalhando pelo Brasil. Em Belém - PA existe um grupo que tem feito coisas maravilhosas, chama-se "Vida de Anjo".

Parabéns, pela nobre iniciativa!

Furdunço disse...

mto mto bacana a iniciativa...
O brasil precisa de mais ações solid´rias como essas .não so no natal,como no ano todo!!!

Nat Valarini disse...

Saluton!

Belíssima iniciativa, tanto das pessoas que fazem este belo trabalho quando sua por divulgar e chamar a atenção dos leitores para o voluntariado.

Não estar no Rio não é desculpa: em cada cantinho do país há instituições, como as que você mencionou, precisando de ajuda, no DF, por exemplo, há várias creches, asilos. Fui algumas vezes em um deles e vi como as pessoas lá são desprovidas, na maioria das vezes, carentes de atenção mesmo. Nem sempre o mais importante é a parte material: alguns velhinhos gostariam de ter alguém para conversar.

Bom, é isso! =D

P.S.: Não tenho mais o domínio daquele e-mail e de nada relacionado a ele (blogs, orkut e afins). Tenho um novo blog agora.

Kiso

Gege disse...

Bonito tanto dos voluntários a palhaços, magico e papai Noel quanto você que tá dando uma força na divulgação dessa iniciativa. Que tenham mais divulgadores e mais voluntários cada vez mais.

Nova Quahog disse...

BELA AÇÃO!

pisovelho disse...

Quantos mais trabalhos assim, mais exemplos podemos passar para nossas crianças...

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

Trabalho exemplar, doação exemplar, tudo de bom saber que as pessoas tem um resquicio de humanismo!

aferreira disse...

Geralmente eu tenho pé atrás com essa propaganda de caridade, mas sei também que se fosse propaganda enganosa você seria o primeiro a cri-criticar! Então vou dar um voto de confiança e entrar no blog da ong.

Wander Veroni disse...

Oi Léo!

Acho que eu conheço esse papai noel...hehehe...sei não...hehehe. Bom, adoro ler sobre voluntariado. É um trabalho que traz um bem danado a quem tem oportunidade de fazê-lo. Parabéns por divulgar esta iniciativa.

Abraço

Lenivaldo Silva disse...

Muito massa
Eu já faço doações de Natal.
Mas o meu grande sonho é ser palhaço da alegria.Aqui não temos como fazer isso.Pq o unico hospital de cancêr fica na Capital...
Mas eu farei no futuro se Deus quiser.Vi o link do seu blog lá na comunidade do orkut.Tem que divulgar mesmo,pq o blog tá show de bola.

seuvicio disse...

Pode doar amor.

Renan Ogawa disse...

É maravilhoso ver o sorriso das pessoas que são ajudadas!
Bela iniciativa :)
visite: http://renance.blogspot.com

Igor disse...

Muito legal ver que vc continua divulgando esses belos trabalhos sociais no Rio de Janeiro.

L.A.G. disse...

É o que todos deveriam fazer!

Miriam disse...

Nooossa, ninguém reparou Leo? Acho que conheço esse Papai Noel...

E ele é um gato! Mamãe Noel que se cuide...rsss

musicpris disse...

serviço voluntário, p/ quem tem tempo é lindo! uma pessoa q tem tempo é um cuca fresca, gostaria d ter esse estado de espirito +, me ocupo d+ com estresse, + é muito valorosa a pessoa q faz, caridade é amor, a caridade tb é muito mais complexa q muitos imaginam...existem muitas formas de expressão na caridade, eu acho.;)