domingo, 25 de abril de 2010

MUNDO - Mundo ‘cão’

Ante aos últimos desastres ‘naturais’ que afetaram as populações do Haiti, Chile, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Islândia respectivamente, peço-lhes para refletirem, se solidarizarem e... Seguirem adiante. Na falta de palavras melhores das que já foram escritas convido-lhes a, apesar de tudo, sorrirem!











Sorri

Charles Chaplin – Versão Brasileira: Braguinha

Sorri

Quando a dor te torturar

E a saudade atormentar

Os teus dias tristonhos, vazios

Sorri

Quando tudo terminar

Quando nada mais restar

Do teu sonho encantador

Sorri

Quando o sol perder a luz

E sentires uma cruz

Nos teus ombros cansados, doridos

Sorri

Vai mentindo a tua dor

E ao notar que tu sorris

Todo mundo irá supor

Que és feliz

sábado, 3 de abril de 2010

OBITUÁRIO - Adeus neguim saliente!

Foto: Marcos Tristão

Morre no Rio o menino Diego Frazão, violinista do AfroReggae, que, em outubro do ano passado, emocionou o país com seu choro silencioso no enterro de seu professor Evandro João da Silva, assassinado em um caixa eletrônico, no centro da cidade.

Sem pieguice, estou triste e com nenhuma vontade de escrever sobre o descaso e incompetência dos médicos que levaram uma semana para descobrir que o menino tinha leucemia e, por isso, não puderam salvá-lo.

Na falta de palavras, os deixo com as dele:

Meu nome é Diego Frazão Torquato

Tenho 11 anos

Sou simpático

Sou um nego Saliente

Sou Bonito

Sou brincalhão

Sou de JESUS

Sou um presente para os meus pais

Sou um garoto que todo mundo conhece com o Azul de Parada de Lucas

Reprodução da página pessoal do garoto no Orkut